Hiroshima e Nagasaki / prova do desespero do homem em busca da paz.



Hiroshima e Nagasaki

No dia seis de agosto de 1945 os norte-americanos lançaram duas bombas sobre a cidade de Hiroshima e trezentas mil pessoas morreram. Três dias após bombardearam Nagasaki, matando mais quarenta mil japoneses.

Pasmem: realizaram tais ataques em nome da paz mundial.

O ser humano é carente por paz de espírito. Tem enorme inquietação, ansiedade. E, inconscientemente até, às vezes, tenta acabar com essa carência consumindo álcool, fumando, ou tentando manter a falsa aparência de bem-estar. Outros mergulham de cabeça no mundo do jogo, das drogas proibidas ou do sexo – sem - fronteiras morais.

A falta de paz é como uma cadeira de balanço: provê algo para se fazer, mas não leva a lugar algum. E a felicidade, a paz interior, não consiste em possuir tudo o que é mais caro, mas em não se desfazer do que já possui por valor nenhum.

Não há erro em desejar o sucesso, por isso encontramos escrito em 1ª Pedro 5.7 (NTLH): “Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês”. Melhor que a conquista temporária do sucesso é conseguir em definitivo a fonte que o produz: “Cristo Jesus... ele é a nossa paz” – Efésios 2.13,14.

A imediata consequência em ter Jesus no centro de nossas vidas é o fim de traumas e desilusões, causadores do estresse – ogiva nuclear – que mata aos poucos o ser humano de dentro para fora, provocando insônia, tensão, irritabilidade, medo e etc.

Certa vez o Filho de Deus declarou: “Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo” – João 14.27 (NTLH).

Caro leitor, independente de sua religião, ideologia política, posição social, tenha Jesus Cristo em sua vida. Se com sinceridade pedir para que entre em seu coração, então, você se tornará mais uma pessoas entre milhares e milhares de outras que participam das bênçãos celestiais. E uma das características dessa bênção é a paz de espírito.

Não existe razão para deixar Cristo fora de nossas vidas.

Se precisa for, agora mesmo dê o passo de fé e comprove que o amor de Deus por você é poderoso e real.

( Minha opinião pessoal sobre essa atitude dos governantes norte-americanos,MAIOR ATO DE COVARDIA DA HISTORIA DO PLANETA TERRA.) Ass. Carlos Fábio Araújo


Leia também...

Postar um comentário